segunda-feira, 8 de agosto de 2011

amanhecer.



(...) vinho, gitros, noites a ver a lua, comprimidos, cigarros, fumo, noites sozinha na janela a comteplar as estrelas. Reggae, paz interior, finos, finos, finos, café, noitadas, insónias, barulho, vozes, gritos, sorrisos falsos, mentiras (...) todos estas palavras de alguma maneira relacionadas umas com as outras, são o meu passado, o meu presente e com todas as certezas do mundo o meu futuro (...)